Submarino

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Caixa Econômica Federal destruindo a vida dos futuros funcionários



Quem pensa que é um paraíso ser servidor público, deve saber que antes de se chegar no paraíso, o candidato deve purgar todos os seus pecados no limbo da espera. Em algumas empresas como a gloriosa Caixa Econômica Federal, você não só purga como vai para o inferno.

A política desta empresa é a seguinte: chamam entre quinze e trinta funcionários para fazer exames – no caso de Santa Catarina, você tem de se deslocar até Florianópolis, não importa se tá doente, trabalhando, dinheiro sobrando, precisa ir à capital do estado três vezes para realizar todos os exames, tudo isso organizado pela CEF, numa rapidez inacreditável. A partir daí, depois de te fazer correr, gastar o dinheiro que não tem com deslocamento e hospedagem – no caso de SC, repito, não sei nos outros estados – você amarga meses, cinco, seis, sete, oito meses de espera. Até ser contratado, se for.

Gostaria de perguntar ao órgão responsável por decidir aplicar essa praxe à CEF se ele acha que nós somos idiotas. SE não tem vaga, se nós temos que esperar todo esse tempo para trabalhar, por que convocar de uma vez só um caminhão de pessoas que precisam esperar esse tempo absurdo para poder trabalhar? Isso sem saber se vai poder, porque nem as vagas são ditas.

Estou expondo aqui meu desabafo porque estou cansada desse banco idiota me fazer de besta, me fazer esperar há sete meses por uma vaga que nem sei se será minha. Vocês acham que não temos família? Que não temos vida? A CEF não é a melhor empresa do mundo, é uma opção que está decepcionando cada vez mais, e nós não podemos sacrificar vidas pessoais, família, filhos, por causa de vocês.

Por último, a bestialidade particular que a CEF está fazendo é com a região de Lages, também em Santa Catarina. Em dezembro de 2012, 13 pessoas foram convocadas para os exames admissionais. Essas pessoas precisaram se deslocar 220 quilômetros, em três dias diferentes, para realizar os exames em Fpolis. Passados cinco meses da perícia e aprovação médica, 5 candidatos ainda esperam contratação. Por mês, são chamados, um, dois candidatos, isso, quando chamam. Nesse mês de julho, inclusive, não foi chamado ninguém. Se existe algum advogado lendo esse texto, que possa nos dar alguma ajuda a respeito de como recorrer para tentar PUNIR esse descaso da CEF, por favor entre em contato pelos comentários, ou pelo Twitter. Isso é muito importante para nós. Vocês não fazem ideia do que significa essa espera. Para um colega, inclusive, significou demissão. Sem a garantia da vaga da CEF.

2 comentários:

Marvin (Sérgio Rodrigues) disse...

Falou tudo. Eu nem gosto de pensar mais nisso. Imagine quem criou expectativas, fez planos, e agora tá caindo na real de novo. Que merda.

Wanessa Potter disse...

Obrigada.