Submarino

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Mariel - Construído em Cuba, pago pelo Brasil, disputado por EUA e Rússia

Me sinto tão feliz por viver em um país que resolveu todos seus problemas internos, alfabetizou toda a população, erradicou os problemas de saúde pública, têm escolas e universidades públicas com qualidade máxima, paga bem o funcionalismo público, criou uma rede de transporte público barata, abrangente e de excelente qualidade, extinguiu o tráfico de drogas e o crime organizado, permitiu à população o acesso à cultura e a mudança de pensamento, acabou com a corrupção, melhorou a malha viária em 100%... Enfim, nada como viver em um país onde nos sentimos felizes e seguros. E por ser um país assim, sem problemas, o Brasil “precisou” gastar seu rico dinheirinho em OUTRO PAÍS, pois nós não temos mais problemas a serem resolvidos! O que fizemos então? INVESTIMOS 802 MILHÕES DE DÓLARES NA CONSTRUÇÃO DE UM PORTO EM CUBA!!!


Sim, senhores! O BNDES financiou a construção desta maravilha de primeiro mundo na ilhota do Raúl Castro, um paiseco socialista quebrado embargado economicamente pelos EUA. Além de emprestarmos 802 milhões de dólares, algum tempo depois o Brasil empolgou-se mais ainda com a Joia do Caribe – como o porto tem sido chamado – e FEZ UMA DOAÇÃO DE MAIS 240 MILHÕES DE REAIS para conclusão da obra!!! A presidANTA Dilma afirma que mais de 300 empresas brasileiras serão beneficiadas com o porto, mas não há lista e nem nomes...


Resultado: Em junho, o amigo da Dilma, Raúl Castro, recebeu em visita no porto ninguém menos que Thomas Donohue, diretor da Câmara de Comércio Americana, e aproveitou para OFERECER O PORTO PARA OPERAÇÃO DOS AMERICANOS EM TROCA DO DESEMBARGO ECONÔMICO!

E mais: Assim que o presidente russo Vladimir Putin (outro amigo da Dilma, que pelo visto não sabe mesmo escolher amizades) ouviu que os EUA tinham interesse em Mariel, correu pra Cuba, e prontamente perdoou a dívida cubana de 35 bilhões de dólares em troca de utilização do porto de Mariel, prometendo ainda reinvestir 2,6 bilhões de dólares em Cuba. 

Formou-se assim uma nova guerra de interesses entre EUA e Rússia, brigando por um porto cubano construído pelo Brasil. Quem se deu bem foi Raúl Castro, e quem tomou no CUba vocês também já sabem...

Nenhum comentário: