Submarino

domingo, 28 de março de 2010

O Serviço Público e a Construção de Um Mundo Melhor (parte 1)

                                 Estarei trazendo aqui alguns textos sobre o Serviço Público, sua qualidade, sua esfera de ação, seu impacto na sociedade. Com tantas privatizações que já ocorreram, e com os prejuízos que trouxeram para a sociedade, está na hora de a sociedade brasileira abrir seus olhos e exigir a permanência do serviço público acessível e de qualidade.

                    Ao longo das últimas décadas nosso mundo tem passado por inúmeras mudanças, trazendo incertezas e possibilidades. A recente crise mundial demonstrou que a experiência do neoliberalismo dos últimos 30 anos fracassou. Antes da crise, a teoria do estado mínimo e a tese de que o mercado tudo regularia eram amplamente aceitas pelo mundo. A atual crise mudou o comportamento do Estado, que teve que tomar medidas para conter o avanço da crise. Estas medidas acabara sendo mais voltadas ao socorro do mercado financeiro e das empresas. Medidas tais que  ao invés de ajudar na resolução da crise e preservar um mínimo de capacidade de ação do Estado e de suas políticas públicas, protegendo os trabalhadores e as populações mais carentes, aprofundaram a pobreza e dificultaram o acesso aos serviços públicos básicos como saúde e educação, fundamentais para a superação da crise e para a inclusão social.
                    Se com a globalização internaionalizamos uma grave crise financeira, precisamos tambem construir e internacionalizar um mundo melhor. Trabalho decente, justiça social e serviço público de qualidade para todos. Estas são propostas que devem ser o centro da estratégia de combate à crise. O principal desafio é o fortalecimento dos efeitos da crise e para a modelagem de um novo estado. Esse novo estado deve ter um papel civilizatório, ser o provedor de serviços essenciais como saúde, segurança, educação, justiça, saneamento, água, transporte e energia.
                    A Internacional de Serviços Públicos - ISP - com o apoio da CONDSEF, ao defender os serviços públicos de qualidade, defende um mundo melhor, com igualdade de oportunidade para todos e todas, com qualidade de vida e inclusão social. Para a ISP, um mundo melhor depende diretamente da qualidade e da quantidade de serviços públicos oferecidos à população. É fato que os serviços públicos de qualidade são fundamentais na redução da pobreza e no resgate da autoestima dos cidadãos. Ao defender os serviços públicos de qualidade, o SINTRAFESC, a CONDSEF e a ISP declaram apoio incondicional à Campanha do Trabalho Decente da Organização Internacional do Trabalho - OIT - e contribuimos para que os Objetivos do Milênio sejam alcançados.

Nenhum comentário: