Submarino

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Cumulus Nimbus, o Terror dos Céus

Nos meses mais quentes, ventos ascendentes ricos em vapor de água formam nuvens grandes e altas, em forma de bigorna. Em seu interior, os ventos podem chegar até 150 km por hora, e essas nuvens possuem grande poder elétrico, devido ao atrito entre as partículas de gelo em seu interior.

Uma nuvem assim é chamada de cumulus nimbus, e pode se formar em apenas vinte minutos, chegando a 17 km de altura, e a tempestade causada por ela pode durar até uma hora. A chuva que vem do centro da nuvem é torrencial, enquanto as gotas que caem das extremidades evaporam-se mesmo antes de chegar ao solo.

As cumulus nimbus são gigantes elétricos, e bloqueiam a luz solar, o que explica seu centro escuro. Podem causar grandes estragos em aviões, pois o granizo movimenta-se em seu interior em grande velocidade, o que pode danificar a fuselagem do avião. 

São lindas, e ao mesmo tempo, terríveis.




No dia 17 de março de 2014, esta "gigante" formou-se sobre a cidade de Lages, SC, e foi fotografada por Patricia Guedes:



6 comentários:

Larissa Silva disse...

Excelente, bem escrito como sempre. Parabéns Sérgio...

silvo disse...

La verdad es que son preciosas, saludos

Sérgio Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sérgio Rodrigues disse...

Obrigado Larissa. E obrigado a você, Silvo. Um abraço.

thiago disse...

mais uma coisa que eu não sabia . Thiago rodrigues